Valorcar. Recicla mais de 57.000 VFV em 2013


Data: 6 Março, 2014

Durante o ano de 2013 foram entregues nos centros de abate da Rede Valorcar um total de 57.780 Veículos em Fim de Vida (VFV), valor que representa um crescimento de 1,7% face a 2012 e que permitiu consolidar a tendência de subida que se verifica desde há dois anos. No entanto, estes números ainda estão bastante abaixo dos 80 mil VFV que se abatiam quando vigorava o Programa de Incentivo ao Abate (programa estatal extinto no final de 2010).

No que diz respeito aos VFV recebidos, mantém-se a tendência de aumento da sua idade média, que é agora superior a 19 anos, o que reflete o envelhecimento do parque automóvel nacional. O Opel Corsa foi o modelo com mais unidades entregues para abate em 2013, atingindo cerca de 7,1% do volume total de VFV.

O ano de 2013 fica também marcado pelo melhor resultado de sempre ao nível do reaproveitamento dos materiais dos VFV, tendo-se atingido uma taxa de reutilização/valorização de 92,7% (peso médio de cada VFV que é reaproveitado).

Todos os VFV recebidos na Rede Valorcar são despoluídos e desmantelados, o que possibilita a reutilização de diversas peças (motores, portas, etc.) e a reciclagem de inúmeros materiais: os metais (que representam cerca de 75% de um VFV) são fundidos e utilizados, por exemplo, no fabrico de vigas para a construção civil; a borracha dos pneus serve para fazer pavimentos para parques infantis ou relvados sintéticos; os plásticos são transformados em vasos para plantas ou em mobiliário urbano, como bancos de jardim ou passadeiras de praia; os vidros são reaproveitados na indústria cerâmica.

 

Partilhar