Produção Automóvel Nacional. Crescimento de 4,9% em 2014


Data: 9 Janeiro, 2015

Apesar dos dados de dezembro estarem no vermelho, com uma quebra de 29%, as estatísticas anuais indicam um crescimento na produção nacional ao longo de 2014.

Foram revelados os dados definitivos da produção nacional ao longo do último ano, com os números apresentados a mostrarem que este é um setor em crescimento. Durante 2014 o total de automóveis fabricados em Portugal aumentou 4,9% para um total de 161.509 unidades, com os valores a serem impulsionados pelo desempenho nos ligeiros de passageiros, o segmento mais representativo. Com uma produção acumulada de 117.744 veículos, este setor deu um pulo de 7,3%, o que permitiu contrabalançar a retração no segmento dos Pesados (-14,8% com um total de 2897 viaturas) e a estagnação nos Comerciais Ligeiros (+0.1%, com um total de 40868 unidades).

As estatísticas relativas ao último mês de 2014 não foram, no entanto, encorajadoras, pois os dois setores mais representativos apresentaram quebras em comparação ao período homólogo. Em dezembro a produção de ligeiros de passageiros decresceu 29% para um total de 4479 automóveis, enquanto a quebra nos Comerciais ligeiros foi ainda maior, com o fabrico de 2017 viaturas a significar uma queda de 35,1%. Em sentido contrário, o segmento dos pesados mais que dobrou as suas estatísticas, com as 208 unidades produzidas a representarem um aumento de 108%. Ao todo foram fabricados em Portugal durante o mês de dezembro um total de 6704 automóveis, o que significa uma queda de 29%.

Praticamente toda a produção automóvel nacional (96,3%, 155476 veículos) destinou-se à exportação, com o mercado da União Europeia a absorver 74% do total de viaturas fabricadas em Portugal. A Alemanha, com uma quota de 21,2% (32927 unidades) é o principal destino, com o segundo lugar a ser ocupado pela China, que acolhe 16,4% dos automóveis fabricados em solo nacional, um total de 25501 viaturas. No último lugar deste pódio surge a França, para onde são enviados 19805 dos automóveis produzidos em Portugal, o que representa uma quota de 12,7%.

Partilhar