Mercado. Ritmo de crescimento do mercado automóvel nacional abranda


Data: 4 Agosto, 2015

Os dados provisórios de vendas de automóveis em Portugal para o mês de julho revelam um aumento de 10,9%, com a Mercedes e BMW envolvidas numa animada luta pela liderança do mercado premium e separadas, em 2015, por apenas 7 unidades.

Depois de um ritmo de crescimento bastante acentuado ao longo da primeira metade do ano, com uma diferença de 31,2% comparativamente ao período homólogo, a segunda metade de 2015 começa com uma diferença mais pequena no volume de vendas. Ainda assim, o total de 18398 veículos comercializados durante o último mês significa um aumento de 10,9% em relação aos números de igual período do ano passado, com um acumulado de 16595 automóveis transacionados. Destaque ainda para o facto de todos os setores terem evoluído positivamente ao longo do último mês, com os ligeiros de passageiros a subirem 9,7% (15548 unidades), os comerciais ligeiros a progredirem 15,7% (2538 veículos) e os pesados a crescerem 34,5% (312 viaturas). O total de automóveis comercializados em Portugal ao longo de 2015 ascende agora a 135526 unidades, o que representa um aumento de 28% em relação aos dados do ano anterior.

Analisando a performance ao longo de 2015 das várias marcas, verificamos que a Renault continua confortavelmente instalada na liderança, com um total de 13406 veículos comercializados e cada vez mais perto de completar 18 anos seguidos na liderança do mercado automóvel nacional. As duas posições que completam o pódio é que estão a ser alvo de uma animada disputa entre a Volkswagen e a Peugeot, com o fabricante germânico a entregar este ano 11290 automóveis, enquanto os seus rivais franceses se ficam pelas 11147 unidades transacionadas. Mas se o embate entre Peugeot e Volkswagen está animado, a luta entre os emblemas premium está efetivamente ao rubro. Na performance no mercado automóvel português, a Mercedes e a BMW estão separadas por apenas 7 unidades, com o fabricante de Estugarda a comercializar este ano 8124 veículos e a colocar-se no quarto lugar do ranking das marcas, enquanto os seus rivais da Baviera estão na posição seguinte e apresentam um total de 8117 automóveis entregues.

Partilhar