Mercado – Produção cai em 2016


Data: 16 Janeiro, 2017

A produção automóvel fechou 2016 com menos 8,6% do que o registado em 2015, apesar de em dezembro ter aumentado.

A produção de automóveis em Portugal aumentou em dezembro, mas, mesmo assim, em 2016 foram produzidos menos 8,6% de veículos do que no ano anterior.

De acordo com dados veiculados pela ACAP, as fábricas de automóveis instaladas em Portugal produziram, em dezembro, 8749 novas viaturas, o que representa mais 33,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Este valor interrompe a tendência dos meses anteriores, que têm sentido quebras na produção.

Por segmentos, foram produzidos, em dezembro, 6382 ligeiros de passageiros, mais 57,9% do que em igual mês de 2015. No segmento de ligeiros de mercadorias foram produzidas 1996 novas viaturas, representando uma quebra de 6,6%. Nos pesados, a quebra foi menos acentuada (-1,1%) com a produção de 371 novas unidades.

Relativamente aos valores acumulados, de janeiro a dezembro de 2016 foram produzidos em Portugal 143 096 novos automóveis, ou seja, menos 8,6% do que no período homólogo do ano anterior.

No que toca às exportações, os dados acumulados de janeiro a dezembro de 2016 indicam um decréscimo no número de viaturas exportadas face ao ano anterior: em dezembro de 2015 foram exportadas 150 240 viaturas e até dezembro de 2016, este valor foi de apenas 136 369, ou seja, menos 9,2%. A Europa continua a ser o mercado que mais recebe veículos automóveis produzidos em Portugal, totalizando 90,4% das exportações. Alemanha (23,1%) Espanha (15,4%) e Reino Unido (11,5%) são os três países europeus que mais contribuem para a balança das exportações automóveis. Fora da Europa, a Ásia é a região onde se verifica o valor mais expressivo (7,2%) sendo que a China é o país que mais importa carros fabricados em Portugal (6,2%).

Partilhar