Linde Intralogistics Solutions: nova era na logística


Data: 19 Julho, 2017

Representando em Portugal 5% do Produto Interno Bruto (PIB), o setor de logística é muito importante na economia nacional. A forma de consumir na moderna sociedade ocidental mudou bastante e está a evoluir no sentido do e-commerce, conectividade, redes sociais, etc.. Esta situação obriga as empresas a adequar os processos logísticos e, na maioria dos casos, a reorganizar os seus armazéns. É neste enquadramento que a Linde Material Handling Ibérica apresentou uma nova divisão de negócio, a Linde Intralogistics Solutions.

Com esta nova empresa, a Linde passa a ser o primeiro fornecedor ibérico de soluções intralogísticas. Mas esta não é uma iniciativa reservada à Península Ibérica, como refere Jaime Gener, diretor geral da Linde Material Handling Ibérica. “Trata-se de uma aposta internacional da Linde Material Handling que procura dar um valor acrescentado aos clientes de todos os países europeus onde temos representação. Esta nova divisão implica uma profunda transformação para a Linde, uma vez que passamos de ser apenas fornecedores de equipamentos de movimentação de cargas para nos convertermos em fornecedores de soluções globais para otimizar ao máximo os processos intralogísticos dos nossos clientes, tornando-os mais eficientes e ajudando-os a economizar custos.”

De forma personalizada para cada cliente e em consonância com os seus objetivos, a Linde Intralogistics Solutions realiza uma auditoria operacional que estuda em profundidade todos e cada um dos processos e desenvolve um plano de atuação contemplando as soluções mais adequadas. Nalguns casos, as soluções são simples e não necessitam sequer de investimento, mas mesmo assim resultam numa maior eficiência e na redução significativa dos custos. Noutras ocasiões, é necessário aprofundar ainda mais e é necessária uma análise mais intensa que pode implicar importantes transformações, como a modificação da estrutura do armazém, a definição dos sistemas de transporte e armazenamento, a incorporação das novas tecnologias ou a substituição do programa de gestão do armazém.

Partilhar