Inspeções no papel


Data: 9 Julho, 2013

– Muito se tem falado dos novos centros de inspeção que podem abrir. Podem, mas ainda ninguém arrisca dizer quantos abrem das 106 novas licenças, nem onde, nem quando, nem sequer se têm condições para isso. O ponto de partida pode ser o mais fácil no Excel mas não é o mais sério: parte-se do número de eleitores de cada concelho para atribuir novas licenças em vez do número de automóveis por cada concelho. É verdade que dava um pouco mais de trabalho mas, até ver, são os carros que vão à inspeção e não os eleitores.

As providências cautelares já começaram a chegar ao IMTT e a procissão ainda vai no adro. Acontece que com tanta indefinição (basta lembrar o concurso de 2011 que foi cancelado) os centros de inspeção estão há praticamente três anos na expectativa, com investimentos bloqueados à espera das decisões governativas. E vão ter que esperar mais, porque ninguém sabe bem quanto tempo vai demorar a decisão sobre o concurso que terminou recentemente. E depois vêm os recursos da decisão e depois… passou mais um ano. O poder de decisão ao mais alto nível continua a atrapalhar os negócios em Portugal e quem sofre são as empresas. A verdade é que ainda não passámos do papel e muito dificilmente antes do início de 2015 vai acontecer alguma coisa. Ou seja, contas feitas e números redondos, desde o início de todo o processo contam-se cinco anos de incertezas.

 

-Passou quase um ano e meio desde o lançamento da Turbo Oficina. Podemos dizer, ao fim deste tempo, que foi uma aposta ganha e isso faz-nos acreditar que temos muito para crescer. Por isso, a partir de Outubro, vamos alargar o nosso portefólio de revistas. Identificámos uma lacuna no mercado do Aftermarket, na área dos pesados e acreditamos que há espaço para uma revista própria, independente da Turbo Oficina. A Turbo Oficina Pesados será distribuída por mailing direto, como acontece com a Turbo Oficina, mas para uma base de dados própria. Será enviada pelo correio, de dois em dois meses, para mais de 5000 profissionais ligados ao Aftermarket de pesados. Vamos dar destaque às empresas que se movimentam neste setor dos pesados, mas apostamos também na formação e informação técnica e prática, sem esquecer artigos que ajudem na gestão do seu negócio.

 

– À semelhança do que aconteceu o ano passado, esta edição junta os meses de Julho e Agosto. A próxima edição estará pronta no início de Setembro. Até lá atravessamos um período de férias por excelência. É isso que lhe desejamos, umas ótimas férias e vamos todos fazer por voltar com as baterias carregadas para a rentrée.

 

Partilhar