Hyundai. Lança primeira sistema de “Automação de Serviço Oficinal”


Data: 17 Julho, 2014

A Hyundai acaba de lançar o primeiro sistema de “Automação de serviço Oficinal” para o cliente, do mundo, a fim de alcançar uma maior satisfação e proporcionar um ambiente integrado de gestão de serviços para as suas oficinas, a nível global.

“Com o sistema “Automação de serviço Oficinal”, a Hyundai Motor irá fornecer um sistema de serviços de TI (tecnologias de informação), único, oferecendo aos seus clientes, novas experiências de serviço que irão contribuir para melhorar a imagem da marca. Ao mesmo tempo, será um contributo significativo para a melhoria contínua da qualidade global do serviço ao cliente através de tecnologia digital de ponta”, disse KangRae Lee, Chefe da Divisão Internacional da Hyundai Motor Company Service.

Com este novo serviço, os clientes podem ser informados sobre o estado de reparação do veículo no seu Tablet ou PC. Poderão ainda, receber informações em tempo real através dos quiosques localizados nas salas de espera de clientes, que disponibilizam também uma variedade de informações sobre os produtos da Hyundai Motor e as actividades de marketing da marca. Todo este processo de visualização do serviço, resulta numa maior transparência das operações, aumento da capacidade oficinal e num consequente incremento da satisfação e retenção de clientes.

Um total de 12 módulos foi cuidadosamente seleccionado para instalação em oficinas a nível mundial, incluindo um sistema automático de reconhecimento de matrículas, inspecções do veículo, estimativa em tempo real do valor do serviço de manutenção e agendamento e programação das reparações. As redes globais de pós-venda Hyundai Motor estão agora habilitadas a construir um sistema de assistência optimizado, com base nas condições de cada país e a aumentar a capacidade de resposta a clientes.

Com início na Turquia no final do ano passado, a Hyundai Motor implementará o novo sistema de “Automação de serviço Oficinal”, em todas as oficinas Hyundai a nível mundial, sendo Índia, Rússia, Austrália e México exemplos dos 17 países previstos para este ano.

Partilhar