Dicas para substituir embraiagem de Smart

Texto: David Espanca
Data: 19 Fevereiro, 2020

A ZF Aftermarket deixa aqui algumas recomendações para a substituição de uma embraiagem da marca Sachs num veículo com ASG, o sistema de transmissão manual automatizada, neste caso de um Smart, de modelos construídos entre 1998 e 2015.

A correta instalação da peça de substituição é decisiva para o conforto de condução e a vida útil, porque a atuação eletrónica funciona de acordo com parâmetros fixos. Se os valores de saída, de acordo com os quais a unidade de controlo funciona, não estiverem certos, isso pode, por exemplo, provocar comportamentos de arranque irregulares.

 

Verificar componente com cuidado

Antes de instalar a peça no veículo, é necessária uma inspeção cuidadosa de todo o componente, com especial atenção ao empeno lateral. Se o valor limite de 0,5 milímetros for ultrapassado, o profissional da oficina deve eliminar o empeno lateral do disco de embraiagem com a ajuda de um garfo de alisamento.

Além da própria embraiagem, podem também ocorrer danos no atuador. Estes componentes só podem ser substituídos na sua totalidade, mas isto requer pouco esforço. Há apenas uma ligação elétrica com o veículo. Em alguns modelos, a oficina tem de ajustar a pré-carga do atuador com uma balança de mola. Para outros veículos, a oficina deve primeiro aprender a utilizar o dispositivo de diagnóstico, através do qual a unidade de controlo de transmissão determina o ponto de separação da embraiagem.

Partilhar