Continental – Ideias de colaboradores ajudam a baixar custos


Data: 3 Agosto, 2016

Mais de 470 mil ideias foram apresentadas pelos colaboradores da empresa tecnológica Continental no ano passado, ajudando a melhorar a eficiência e rendibilidade.

A Continental implementou o programa Continental Idea Management que permite aos mais de 212 mil funcionários da empresa apresentarem ideias e sugestões que ajudem a melhorar a eficiência e rendibilidade da empresa. No ano passado, os contribuíram com mais de 470 mil ideias – numa média de duas ideias por funcionário – permitindo à empresa alcançar poupanças globais na ordem dos 124 milhões de euros. Durante os últimos quatro anos, os colaboradores da Continental geraram poupanças de cerca de 550 milhões de euros. “As boas ideias são o nosso recurso mais valioso. As competências e capacidades dos nossos funcionários e a sua abundância de ideias são a garantia da nossa competitividade. É por isso que incentivamos uma cultura que acolhe as suas ideias”, afirma Ariane Reinhart, membro do Conselho de Administração da Continental e responsável pelos Recursos Humanos.

“Os nossos funcionários não só apoiam a Continental com o extraordinário trabalho que fazem, mas também dão um contributo igualmente valioso para a empresa com a sua criatividade. As suas ideias vão desde melhorias nos processos e na qualidade, trocas de conhecimento e colaboração internacional até desenvolvimentos nas áreas da proteção do ambiente, saúde e segurança no trabalho. Os funcionários da Continental em todo o mundo demonstram assim a intensidade do seu compromisso com a empresa. Este trabalho em rede significa também que todos podem tirar partido das ideias dos outros”, explicou Reinhart.

O número de locais participantes aumentou de 156 para 161 em 2015. Os locais internacionais mais bem-sucedidos são Icheon e Sejong (na Coreia do Sul) e Guadalajara (México). Roding, Regensburg e Rheinböllen foram as localizações com mais ideias na Alemanha.

Uma das ideias que recebeu um reconhecimento foi apresentada por funcionários do ContiTech em Waltershausen, na Alemanha. Anteriormente, os fornos de combustão para a geração de vapor com oxigénio eram aquecidos usando um sistema de ar frio situado perto do chão. No futuro, os funcionários da Continental usarão ar mais quente vindo do teto. O ar pré-aquecido aumenta a eficácia do processo de combustão, fazendo com que seja gasta menos energia para a mesma quantidade de vapor.

Esta ideia valeu à equipa de Waltershausen o prémio do German Institute for Idea and Innovation Management na categoria “Best Employee Idea 2016” (Melhor Ideia de Funcionários). A equipa venceu outros concorrentes numa competição nacional em que participaram vários sectores, incluindo o automotivo, engenharia mecânica, química e elétrica.

Partilhar