Continental. Dinamiza nova ação de sensibilização


Data: 30 Abril, 2014

Apostada em desenvolver ações de sensibilização, com o intuito de chamar a atenção dos condutores portugueses para a importância da verificação periódica do estado dos pneus,  Continental promoveu novamente este tipo de ações em quatro áreas de serviços – duas em Lisboa, duas no Porto.

Dos 160 veículos analisados e no que se refere à pressão dos pneus verificou-se que 36% dos condutores circulava com a pressão incorrecta, sendo que os pneus localizados do lado direito apresentavam valores mais distantes dos correctos. Esta situação, entre outras causas, pode ficar a dever-se aos toques frequentes dos pneus nos passeios aquando do estacionamento.

De recordar que o facto de circular com os pneus na pressão recomendada pelo fabricante do veículo, permite não só economizar combustível, como ter uma performance superior em termos de características de condução, para além de que permite prolongar a vida útil do pneu.

Em relação à profundidade do piso dos pneus, das medições feitas constata-se que 6% apresentam valores abaixo da lei – menos de 1.6 mm. 78% dos condutores analisados apresentavam veículos com pneus com a profundidade do piso de acordo com os valores aconselhados pela Continental – 3mm no mínimo.

A Continental recomenda a verificação regular da profundidade do piso dos pneus. Segundo Ricardo Martins, Director de Marketing da Continental Pneus, “os pneus com menor profundidade de piso aumentam, entre outros, o risco de aquaplaning em piso molhado e diminuem a capacidade de travagem. Recomendamos que os pneus sejam substituídos quando atingirem os 3mm de profundidade do piso, de forma a garantir a máxima segurança na condução”, referiu o responsável.

De realçar ainda que cerca de 50% dos inquiridos não verifica nem a pressão nem a profundidade do piso do pneu suplente.

“A segurança dos condutores é uma preocupação constante e diária na Continental. O nosso compromisso é o de tornar a mobilidade cada vez mais segura, confortável e ecológica, e os pneus desempenham um papel fundamental para atingirmos este objectivo. Esta acção de sensibilização e de alerta para a importância da verificação periódica do estado dos pneus vai de encontro a esta preocupação”, concluiu Ricardo Martins.

Ficha Técnica:

Amostra: 160 entrevistados válidos da Grande Lisboa e Grande Porto, com 72% de população masculina

Metodologia: Entrevista pessoal com recurso a tablets e a uma plataforma de inquéritos online, no dia 11 de abril em 4 postos de serviço (2 postos em Lisboa e 2 no Porto) a condutores de veículos automóveis. Direção da Equipa Responsável pela recolha de dados: Nuno Seleiro, Asserbiz.

 

 

Partilhar