Bosch. Atingida fasquia dos cinco mil milhões de sensores MEMS produzidos


Data: 18 Fevereiro, 2015

Considerada hoje em dia uma tecnologia indispensável para automóveis mas também outros dispositivos como smartphones e tablets, a Bosch foi pioneira na produção a larga escala destes sensores há 20 anos.

A Bosch anunciou ter ultrapassado a barreira dos cinco mil milhões de sensores MEMS produzidos, uma tecnologia que a especialista em equipamentos para o sector automóvel define com a expressão “pequenos equipamentos, grandes impactos”. Considerados como uma parte essencial dos automóveis modernos, definidos como “os órgãos sensoriais” das viaturas, estes equipamentos pequenos, robustos, eficientes e inteligentes são indispensáveis na eletrónica dos veículos, mas também em outros dispositivos. “A cada segundo um smartphone utiliza sensores Bosch”, refere Dirk Hoheisel, membro da direção das Robert Bosch GmBH, que explica também que “os MEMS são uma tecnologia chave para a mundo conectado. Oferecem elevada performance mas também são pequenos, robustos e a sua produção a larga escala efetua-se com grande eficiência de custos”.

1-BST-20778

A denominação MEMS é um acrónimo para Microeletromechanical system, uma tecnologia na qual a Bosch foi pioneira na produção a larga escala, que efetua desde 1995. Dirk Hoheisel recordou que os primeiros tinham a função de detetar a pressão e a aceleração dos automóveis. A companhia germânica indica mesmo que este momento lançou “as fundações para a tecnologia moderna”, referindo que além do mundo automóvel, esta tecnologia se encontra também em praticamente todos os smartphones e produtos e sistemas de conectividade.

1-AE-20855

A Bosch recorda que demorou 13 anos a atingir a fasquia dos mil milhões de MEMS produzidos, mas, mais uma evidência da importância destes equipamentos, são agora produzidos mais de mil milhões destes sensores anualmente graças ao notório crescimento da procura. O pioneiro na produção dos MEMS refere que hoje em dia existe uma vasta e diversificada oferta destas peças para várias funções, dando o exemplo do SMI700, que guarda informações relativas aos movimentos de rotação, aceleração lateral e ângulo de viragem, o que o torna essencial para os ESP, e do SMP400 que controla a mistura de ar e combustível, garantindo o funcionamento do motor com o mínimo de ruído e contribuindo para a redução dos consumos e emissões.

1-AE-20856-e

Partilhar