Axalta – Nova unidade de Produção e Logística na China


Data: 21 Novembro, 2016

A Axalta anunciou a criação de uma nova unidade de produção e logística na China. Esta nova unidade ampliará a rede de produção da Axalta a fim de apoiar o crescimento do mercado no centro e sul da China, assim como em toda a região Ásia-Pacífico.

 A Axalta Coating Systems anunciou a construção de uma nova unidade de produção de tintas de alto desempenho para veículos ligeiros, comerciais e para o setor industrial, em Nanjing, na China. A fábrica será construída sobre um lote de terreno de mais de 170 000 m2 e deverá estar em pleno funcionamento no final de 2020, com um centro de distribuição de produtos e uma capacidade de produção inicial prevista para o início de 2019. O projeto está sujeito a aprovações finais pela companhia e pelo governo e autoridades locais.

A nova unidade será responsável pelo fabrico de uma vasta gama de produtos, que incluem primários, bases bicamada, vernizes e produtos intermédios para resinas. Produzirá ainda os produtos de eletrodeposição da linha AquaEC e tintas para coluções energéticas da família Voltatex. Paralelamente, as novas instalações funcionarão também como centro logístico e ponto de distribuição dos produtos da Axalta no setor da Repintura e da Indústria, para os clientes localizados no sul e centro do país.

“A China é, para nós, um mercado estratégico, e continuamos a investir na nossa rede e capacidade de produção neste país para servir de forma mais eficiente os nossos clientes e elevar os nossos padrões de serviço a fim de apoiá-los no seu crescimento,” afirmou Charlie Shaver, Chairman e CEO da Axalta.

Zhu Yuanshen, Diretor-Adjunto do Comité de Gestão do Nanjing Chemical Industrial Park, comentou: “É com grande satisfação que acolhemos e apoiamos a Axalta Coating Systems na criação desta nova unidade no Nanjing Chemical Industrial Park. Acreditamos que, enquanto fornecedor líder global de tintas, a Axalta pode dar um contributo significativo a esta nova base de produção, através das suas tecnologias de fabrico de vanguarda, e produzir revestimentos de alto desempenho e ambientalmente responsáveis, assim como apoiar e cooperar com a economia local e com o desenvolvimento sustentável das empresas Chinesas do setor automóvel.”

Partilhar