Axalta. Inaugurado novo Centro de Tecnologia europeu


Data: 15 Junho, 2016

A Axalta inaugurou o seu renovado Centro de Tecnologia europeu, que se situa em Wuppertal, na Alemanha, e que irá liderar a investigação de tintas e revestimentos líquidos na região EMEA.

A Axalta Coating Systems inaugurou oficialmente o seu mais recente e ampliado Centro de Tecnologia Europeu (CTE) em Wuppertal, Alemanha. O centro será a sede dos programas de investigação das tintas líquidas da empresa para a região da Europa, Médio Oriente e África (EMEA).

“A Axalta está a realizar este importante investimento nas suas instalações de pesquisa e desenvolvimento da região EMEA a fim de expandir, atualizar e centralizar as nossas capacidades tecnológicas e apoiar, deste modo, o nosso crescimento na região,” comenta Matthias Schönberg, Vice-Presidente da Axalta e Presidente das EMEA. “As origens da nossa companhia remontam à localidade de Wuppertal, quando a produção de tinta se iniciou pela primeira vez há 150 anos atrás. Atualmente, mais de 300 profissionais técnicos vão trabalhar na criação e desenvolvimento de tintas e serviços de última geração para atender as necessidades do mercado regional e ir ao encontro das exigências específicas dos nossos clientes.”

O CTE vai incorporar instalações que abrigam equipamento de vanguarda na investigação de tintas. Todo o recinto compreende 15,000m2 de laboratórios, áreas de competência a nível de formulação e aplicação, serviço que simula a intempérie e a corrosão, instalações piloto e em grande escala, um centro de demonstração ao cliente, assim como escritórios.

O Dr Barry Snyder, Vice-Presidente Sénior da Axalta e Diretor de Tecnologia, diz, “O CTE renovado da Axalta em Wuppertal vai incluir diversos laboratórios para a investigação de tintas destinadas a veículos ligeiros, novos laboratórios para a investigação de produtos industriais de electro-deposição, assim como áreas laboratoriais ampliadas para o sector da repintura e unidades de desenvolvimento de novas cores, quer para o mercado da repintura quer para veículos comerciais. A sua localização central na Europa, e, de um modo geral, a sua relevância histórica para a empresa, torna-o a base ideal para a investigação regional das tintas líquidas e para o trabalho de desenvolvimento.”

Partilhar