Notícias

Published on Julho 14th, 2017 | by Carlos Moura

0

Schaeffer – Embraiagem para híbridos com caixa manual

A Schaeffer apresenta uma embraiagem que anuncia futuros híbridos de caixa manual e permite potenciar a eficiência dos modelos que combinam motores de combustão e elétricos. Mais um sistema que acolhe os benefícios da corrente de 48 volts.

Foi apresentado pela Schaeffer o “P2 Module” ou, traduzindo para português, Modulo P2. Em produção na China a partir do final deste ano mas destinado ao mercado global, este novo produto surge equipado entre o motor e a transmissão, e resulta da combinação de um motor elétrico de 12kW e duas embraiagens. Sendo apontadas vantagens principalmente para modelos com motores montados transversalmente, este sistema recorre ao que é designado como uma embraiagem de desconexão, que quebra a cadeia de ligação entre o motor e a transmissão, e uma segunda denominada embraiagem de impacto, que reduz as vibrações quando é novamente feita a ignição do motor.

Segundo é indicado, este sistema potencia a utilização em modo 100% elétrico a baixas velocidades, durante o arranque, estacionamento e no que é definido como ‘navegação ativa’ (Active Sailing) abaixo dos 50km/h. Esta expressão remete para a capacidade de tirar proveito de situações como ao encontrar uma descida no trajeto, permitindo desligar o motor ou gerir de forma mais eficaz a sua ligação com a transmissão. Este Modulo P2 para híbridos de caixa manual surge integrado num sistema de 48 volts, uma das atuais tendências do mercado automóvel que está já a ser anunciada para o novo Audi A8 e outros veículos do Grupo VW. Para isso, ele será também capaz de regenerar a energia obtida durante as travagens para alimentar a bateria utilizada por este sistema.

Esta solução desenvolvida pela Schaeffer foi pensada para poder ser facilmente integrada nas atuais arquiteturas dos modelos, algo importante pois 50% de todos os novos automóveis surgem com caixa manual. Daí que a sua colocação entre o motor e a convencional transmissão seja importante, pois evita alterações no design. No rol de vantagens deste Módulo P2 surge ainda o facto de, ao contrário de muitas das habituais transmissões para híbridos, não ser necessária a refrigeração por água. Ao conjunto de melhorias apontadas a esta nova solução merece destaque a possibilidade de reduzir em 20% os consumos dos híbridos, num registo que poderá ser ainda mais potenciado. Para tal será necessário esperar pelas vantagens totais da E-Cluth (E-Embraiagem) em desenvolvimento pela Schaeffer, onde o P2 é apenas um dos componentes, que pode oferecer mais 8% de eficiência adicionais. Esta solução está a ser desenvolvida em duas variantes, em que uma delas continua a utilizar o pedal de embraiagem enquanto a segunda evita já o terceiro pedal colocado mais à esquerda nas viaturas.

Texto: Nuno Fatela

Tags: , ,


About the Author



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top ↑