Pesados

Published on Dezembro 19th, 2012 | by Cláudio Delicado

OnTruck. Com os olhos no futuro

Cimentar a sua posição no mercado e garantir serviços de excelência são os objetivos da OnTruck, a primeira rede portuguesa de oficinas multimarca para pesados.

As primeiras conversas iniciaram-se em Janeiro de 2011, mas questões relacionadas com o nome e a aposta numa estratégia de marca diferenciada fizeram com que só se concretizasse em Outubro do mesmo ano. De lá para cá, cinco empresas uniram-se ao projeto, dando corpo à OnTruck – a primeira rede portuguesa de oficinas multimarca para pesados.

O conceito OnTruck pretende acrescentar valor às oficinas aderentes através de um acordo comercial com a Civiparts, especialista em peças para pesados e promotora deste projeto em Portugal. Miguel Ribeiro, gestor da rede de oficinas OnTruck, diz que a sua criação vem na sequência de uma oportunidade de mercado que tinha sido detetada, existindo na forma de “abandeiramento” e não de franchising.

“As oficinas continuam a ser dos proprietários. E, como já eram nossos clientes, trata-se apenas de acrescentar valor a essa ligação e de fortalecer uma relação comercial que já existia.”

CARTEIRA EUROPEIA

Embora seja inovadora no nosso país, a criação de uma rede de oficinas multimarca para pesados está longe de ser uma novidade na Europa. Miguel Ribeiro refere que este passo é fruto da relação de proximidade da Civiparts com a divisão espanhola do Grupo Auto Union, que já tinha este conceito implementado sob a chancela da Top Truck Service – a maior rede europeia de assistência a pesados, com mais de 550 oficinas  aderentes. Com a integração da OnTruck na sua estrutura, as oficinas portuguesas passam a beneficiar de uma carteira europeia de clientes, além de verem o seu nome referenciado no portal eletrónico da Top Truck. “A localização das oficinas vai estar presente tanto no site português da  OnTruck como no site internacional da Top Truck, dando notoriedade e publicidade às oficinas”, diz.

PRÉ-REQUISITOS

Ter 30 oficinas aderentes é o grande objetivo da OnTruck até ao final de 2012, com os interessados a terem que cumprir um conjunto de requisitos mínimos se quiserem fazer parte da rede.

Além da uniformização da imagem (sinalética interior e exterior, fardamento e pintura), as oficinas têm de ter um equipamento de diagnóstico multimarca, um mínimo de três  colaboradores e 400 m2 de área coberta, não podendo ainda estar associadas a nenhum fabricante ou transportadora. Um investimento que pode variar entre “5000 e 7000 euros”, dependendo do “tamanho da oficina e do seu estado de conservação”, refere Miguel Ribeiro. A estes encargos junta-se uma prestação mensal de “cerca de 400 euros” que é “igual para todos”, com as oficinas a receberem em troca um apoio personalizado quanto à “imagem, formação, informação e marketing”.

Miguel Ribeiro afirma que este pacote destina-se a servir as necessidades destas empresas e a garantir um serviço acompanhado a tempo inteiro, com a formação a ser dada de acordo com as carências de cada oficina. O responsável diz que já foi lançado um “teste de diagnóstico” para aferir até que ponto estão os conhecimentos técnicos dos colaboradores e que já está em marcha um plano de formação anual. “Em abril teremos uma formação sobre sistemas de travões e prevemos para setembro outra sessão de esclarecimento técnico”, assegura. “Temos ainda um centro de apoio técnico nas instalações da Civiparts em Leiria e um acordo com a Centralsa, em Espanha, ao nível da formação – vantagens muito importantes para estas oficinas independentes”.

Já a sua localização pretende servir a maior área geográfica possível e os “pontos nevrálgicos do país” para prestar de forma mais rápida “a melhor assistência”.

MAIS-VALIA

José Augusto Simões, proprietário da oficina que visitámos, admite que ainda não sentiu os efeitos da entrada na OnTruck, mas tem a certeza de que esta mudança é uma “mais-valia” para a sua empresa. Começou em obras em Setembro de 2011 e só em Janeiro deste ano entrou para rede. Conta que os clientes já o questionam acerca da mudança de imagem, o que, à partida, significa que “estão a ver melhorias”, mas que, ao nível do serviço, “é ainda muito cedo para se começarem a ver grandes alterações”.

Além do apoio dado pela Civiparts, José Augusto Simões salienta as vantagens de pertencer a um grande grupo como a OnTruck: “Há uns tempos quis fazer um pequeno anúncio num jornal e tive logo um aconselhamento da Civiparts ao nível do logótipo e do estacionário. Mas a grande vantagem está no apoio que passa a existir numa avaria de um cliente nosso que esteja em Lisboa ou no Porto. Se houver uma oficina da OnTruck mais perto do que a nossa, um colega auxilia o nosso cliente em vez de sermos nós a deslocarmo-nos até ele”.

O proprietário salienta ainda outras vantagens como o poder dar assistência ou fazer a revisão sem que os veículos percam a garantia: “Por vezes havia reparações que nós não conseguíamos fazer porque cá fora não nos davam esse apoio. A partir do momento em que entramos na rede, passamos a ter esse apoio e o acesso a essas informações”.

TRÊS PERGUNTAS A MIGUEL RIBEIRO, GESTOR DA REDE ONTRUCK

Disse que havia uma entidade independente, a Dekra, que verifica se as oficinas reunem as condições para fazerem parte da rede. Como asseguram a qualidade a posteriori?

Todos os anos será realizada uma nova auditoria para verificar se os parâmetros que foram definidos estão a ser cumpridos. Obviamente também haverá um seguimento muito próximo da minha parte por todos os pontos de rede que forem surgindo. É essa a minha função.

Que estratégia de marketing vão usar? Em que meios estão a investir?

Vamos apostar em várias frentes. Em Portugal, estamos a desenvolver um site com o contacto de todas as oficinas, os serviços que oferecem e um sistema de marcação online e a promover contactos com transportadoras para estabelecer acordos-chapéu abertos a toda a rede, dando-lhes a possibilidade de usufruírem de preços especiais em todas as oficinas OnTruck. Queremos também criar palas de semi-reboque para divulgar o nome da rede e já definimos a inserção de anúncios em Portugal e Espanha com a nossa imagem.

Além das condições que já referiu, que outros acordos pensam promover para atrair mais aderentes?

Estamos a negociar com uma empresa de pneus de assistência 24 Horas. É um serviço que já existe com a Top Truck Service e que nós queremos trazer para Portugal. A empresa com quem estamos a negociar tem também parcerias com outras estruturas semelhantes na Europa, o que significa que qualquer cliente da rede OnTruck que tenha um problema em França, Espanha ou Itália terá acesso a um parceiro que lhe irá fazer a desempanagem de pneus na estrada. Condições comercialmente mais atrativas com seguradoras, empresas de comunicações e serviços de financiamento estarão também ao dispor das nossas oficinas. Em vigor, está já uma garantia ibérica de serviços OnTruck que nós estamos a tentar alargar a todo o espaço europeu. As vantagens aqui prestam-se com a substituição de equipamentos sem encargos para o cliente em qualquer uma das nossas oficinas, sendo depois feito um acerto de contas entre a empresa a quem o cliente está ligado e aquela que lhe fez a assistência.

Tags: ,


About the Author



Back to Top ↑