Ambiente

Published on Dezembro 6th, 2016 | by José Macário

0

Mobilidade – Paris, Madrid e Cidade do México sem diesel em 2025

Durante a cimeira de Presidentes de Câmara que se realizou no México, os líderes de Madrid, Paris e Cidade do México assinaram um pacto para proibir a circulação de veículos a diesel nas suas ruas a partir de 2025.

Em 2025, os veículos movidos a diesel deixarão de poder circular nas ruas das cidades de Madrid, Paris e Cidade do México, reportam os nossos colegas do site posventa.info. O acordo foi firmado durante a cimeira de presidentes de Câmara que teve lugar na Cidade do México, o “Cumbre de alcaldes C40: Ciudades liderando acciones climáticas”, e foi motivado pela elevada contaminação de que padecem as três cidades e que afeta a saúde dos seus habitantes. “Esta é uma crise global inaceitável e, como presidentes de Câmara, estamos determinados a atuar”, declara o documento do pacto agora assinado.

Ao abrigo deste acordo está contemplado o compromisso de promover e incentivar a utilização de veículos elétricos, a hidrogénio e híbridos, em substituição dos animados por combustíveis fósseis. Ao mesm tempo terá sido prometido o investimento em infraestruturas sustentáveis para melhorar a mobilidade dos habitantes destas três cidades, bem como pedidos à indústria automóvel para que contribuam para a transição de veículos tradicionais para veículos elétricos e híbridos.

“A qualidade do ar que respiramos nas nossas cidades está diretamente relacionada com a luta contra as alterações climáticas. Na medida em que reduzamos as emissões de gases com efeito de estufa nas nossas cidades, assim o nosso ar será mais limpo e os nossos filhos, avós e vizinhos terão melhor saúde”, declara ainda o documento.

Esta cimeira foi levada a cabo para acordar passos no cumprimento das metas acordadas na Cimeira do Clima de Paris de não exceder em 1,5º C o aumento da temperatura do planeta. Além do pacto firmado entre estas três capitais, os autarcas das 86 cidades presentes acordaram um plano para a redução de 50% nas emissões de poluentes, para o que serão utilizados financiamentos no valor de 375 milhões de dólares.

Tags: , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top ↑