Produtividade

Published on Julho 25th, 2016 | by Andreia Amaral

0

Excelência na produtividade – Respeitar!

Implementados todos os passos da filosofia 5S – Separar, Organizar, Limpar e Padronizar – é necessário garantir que os novos hábitos perduram no tempo e que todos respeitam as práticas abraçadas.

 

Depois de termos identificado os principais constrangimentos à produtividade e de termos empreendido mudanças para solucioná-los, chegamos à última e mais relevante fase da filosofia dos 5S: de nada servirão os passos dados anteriormente se, no dia a dia, todos os elementos não os cumprirem e garantirem a sua continuidade. Há, assim, que “Respeitar”!

Em que consiste?

A Fase Respeitar é a final e a mais relevante.
É dela que emanam as melhorias na eficiência dos trabalhos e a manutenção das boas regras de segurança e organização;

O Respeitar aplica-se a todas as fases anteriores: Classificar, Organizar e Limpar, num todo;

Este pilar vai também prevenir revezes na implementação, atuando como um reforço fundamental na criação dos novos hábitos diários e na definição de rotinas de auditoria diária de Posto de Trabalho.

Síntese: Tomar o hábito de aplicar os 5S, respeitar as regras definidas pela equipa e melhorar continuamente todos os aspetos
do trabalho diário.

Qual a relevância desta Fase?

Nesta fase, temos a implementação concluída e as regras estabelecidas. Há portanto que as Respeitar.

Nesta fase os 5S deverão fazer parte integrante do dia a dia, mesmo na presença de fatores externos de perturbação.

Síntese: Criar rotinas de auditoria de forma a manter todo o trabalho desenvolvido

Como proceder?

Passo 1

Há que tornar o Classificar, Organizar e Limpar, tarefas diárias até que se afirmem como um hábito. Ajuda nomear um responsável pelos 5S e claramente atribuir responsabilidades à equipa, integrando os 5S nas atividades diárias normais da organização.

Passo 2

Crie escalas de serviço, onde cada elemento da equipa tenha um papel ativo e onde seja periodicamente o Responsável pela condução das visitas de avaliação 5S. Verificar regularmente a implementação e manutenção dos 5S, com a ajuda de ‘check lists’ e auditorias rápidas.

Passo 3

Definir um calendário de curtas reuniões de trabalho, entre os participantes;

Implementar a realização de auditorias 5S ao longo de todo o ano e fazer o respetivo seguimento, reportando à Administração os relatórios de auditoria (devem ser relatórios simples de uma só página);

À semelhança de todas as anteriores fases, também esta deve ser comunicada com uma semana de antecipação, criada uma agenda, uma hora de início e uma hora de fim. Dicas para a agenda:

1.   Reunião de todas as pessoas num local

2.   Formação das várias equipas (duas a três pessoas máximo por equipa)

3.   Atribuição das áreas a intervir

4.   Comunicação das regras (ler este Artigo na integra)

5.   Perguntar por dúvidas

6.   Comunicar hora de inicio e de termino da campanha

7.   Comunicar hora da reunião final

8.   «ir para o terreno»

9.   Regressar e fazer o balanço, incluindo um forte agradecimento pelo empenho demonstrado (incluir um pequeno lanche ou equivalente, como ato de agradecimento).

10. Resolver os problemas detetados.

Avaliação final e Conclusões

Estandardizar o plano de Auditorias regulares, o Acompanhamento diário e registar e implementar todas as Melhorias que venham a ser sugeridas.

No final desta ação, deve avaliar se:

Cada coisa está claramente identificada;

Cada ponto de limpeza está claramente assinalado;

A frequência das limpezas está definida;

A frequência das limpezas está compreendida;

Cada um dos responsáveis está nomeado;

Os quadros brancos das áreas são bem compreendidos e são mantidos.

O plano de auditorias anual está criado e é seguido;

As auditorias diárias são uma prática em fase de consolidação.

 

Por: Lean Academy Portugal

 

Share and Enjoy

Tags: , , ,


About the Author



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top ↑

Email
Print