Radar

Published on Agosto 18th, 2015 | by José Macário

0

Estudo. As 7 personalidades ao volante

A London School of Economics and Political Science e a Goodyear levaram a cabo um estudo que revela as sete personalidades que os condutores exibem quando estão ao volante.

Os psicólogos sociais da London School of Economics and Political Science (LSE), num estudo em colaboração com a Goodyear sobre segurança rodoviária, identificaram diferentes padrões de comportamento seguidos pelos condutores quando interagem com os restantes.

Através de grupos de debate e entrevistas em profundidade com condutores europeus, os investigadores identificaram sete personalidades que se manifestam frequentemente:

1) O Professor: necessita de se certificar de que os restantes condutores estão cientes dos seus erros e espera reconhecimento dos seus esforços para ensinar outros.

2) O Sabichão: acha que está rodeado por pessoas incompetentes e contenta-se em gritar em tom condescendente com os outros condutores na proteção do seu próprio automóvel.

3) O Competitivo: precisa de passar à frente de todos os outros condutores e irrita-se quando alguém se intromete no seu caminho. É provável que acelere quando alguém o tenta ultrapassar ou reduza a distância entre ele e o automóvel da frente para impedir que outra pessoa se meta à sua frente.

4) O Justiceiro: quer punir os outros condutores por qualquer comportamento considerado incorreto. Pode acabar por sair do seu automóvel ou abordar os outros condutores diretamente.

5) O Filósofo: aceita as falhas dos outros condutores e tenta explicá-las racionalmente. Consegue controlar os seus sentimentos quando conduz.

6) O Evasivo: trata os condutores que cometem infrações comportamento de forma impessoal, considera-os apena um perigo.

7) O Fugitivo: ouve música ou fala ao telefone para se isolar. Os fugitivos distraem-se com relações sociais selecionadas para não se relacionarem com nenhum dos outros condutores na estrada. É uma estratégia para evitarem ficar frustrados desde o primeiro momento.

“A maioria destes comportamentos pode originar situações perigosas na estrada. Compreender que tipo de comportamento exibimos e que situações o provocam é o primeiro passo para o podermos controlar de uma forma adequada, criando assim um ambiente de condução mais seguro para nós e outros na estrada. Além da aplicação eficaz de leis contra condução agressiva; a educação e aprendizagem ao longo da vida são as mais poderosas estratégias para abordar este aspeto social e emocional da condução e para alcançar os maiores avanços na segurança rodoviária”, recomenda Olivier Rousseau, VicePresidente de Pneus de Consumo da Goodyear na Europa, Médio Oriente e África.

A segunda parte do projeto é um estudo pan-europeu em 15 países. Os resultados finais e análise do estudo a nível europeu são esperados em outubro.

Tags: ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to Top ↑